AQUI ESTAMOS DE PÉ, CABEÇA ERGUIDA NA LUTA POR UMA ESCOLA PÚBLICA DE QUALIDADE!!!

Este pretende ser mais um espaço de comunicação entre o SEPE núcleo Angra dos Reis e os trabalhadores da Educação desse município, tanto da rede estadual quanto da rede municipal, contribuindo assim para a organização e luta por uma educação pública de qualidade.

Juntos somos mais fortes na luta pela educação!!!!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Professor também estuda

Professor que estuda merece respeito pois admite, neste ato, que não se diferencia do educando.


Durante todo o período da greve, ao contrário do que muitos pensam ou fazem, os educadores em greve, do município de Angra dos Reis, proporcionaram, passaram, promoveram várias atividades e, uma dela foi alguns grupos de estudo para entender melhor a realidade material imediata.

 

Um dos estudos, retatado na primeira e segunda imagem, foi do Plano Municipal de Educação. 
Em plena fase de greve, estava por acontecer, às pressas (diga-se de passagem), a Conferência Municipal de Educação. E nós, educadores, em greve, pensando no melhor para a educação, pois é ali que atuamos, pois conhecemos o chão da sala de aula, não poderíamos nos eximir dessa tarefa, mesmo estando em atividades de greve. 
Sabemos o quão importante é colocar para o coletivo, este geralmente negado pelas estruturas burocráticas do estado, as poropostas pensadas para que o setor da educação funcione para aquilo que veio, ou para aquilo que hoje pensamos que deve vir.


A última imagem retrada os educadores em estudo junto ao DIEESE. Isso foi feito porque durante a greve, fizemos acompamhamento das sessões da câmara para acompanhar os gastos da prefeitura e exigir esclarecimentos sobre os mesmos, uma vez que o aumento do salário referente a data base do funcionalismo não foi feito. 
Temos educadores que acompanham os BOs e ficamos estarrecidos com os gastos indecentes com assuntos frívolos ao passo que a população e funcionários da educação e saúde tem que mendingar salários dignos em dia.

Quem sabe mais, luta melhor!
Estudem conosco!

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Curso de Formação 'Como Funciona a Sociedade?', módulo I

Quem disse que a greve traz prejuízos para as crianças? Depende de como tratamos a greve, depende de como tratamos as crianças...
Nesse nosso curso, a pequena Elisa compartilhou seus conhecimentos conosco!


Além da Elisa, estudante da E. M. Professor Fábio Pacífico, de Campo Grande, dos professores e técnicos de saúde do município de Angra, tivemos também a participação de Ana Carolina, estudante do 6o ano da E. M. Tereza Pinheiro de Almeida, que muito contribuiu para nossa oficina.


Uma das atividades da greve é a formação política.
 Formação prática, em luta, e formação teórica, em luta!


Através do SEPE, núcleo Angra dos Reis, O curso 'Como Funciona a Sociedade?', módulo I, está acontecendo pela segunda vez desde quando começamos a greve por reivindicação de manutenção  dos direitos dos servidores públicos de Angra dos Reis.

O Núcleo de Educação Popular, na pessoa de Gas-PA, nos proporciona uma introdução à economia política: O que é mais-valia? O que é luta de classes? O que é capitalismo? Quais são os instrumentos de luta?
Ou, como funciona a sociedade?

'O Levante', grupo de rap do nosso monitor pode ajudar a pensar.
https://www.youtube.com/watch?v=7f2Q39SA3SA

Quem sabe mais, luta melhor!
Luta junto!

Como disse Brecht, em seu poema INTERTEXTO:


Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro



Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso

Eu também não era operário



Depois prenderam os miseráveis

Mas não me importei com isso

Porque eu não sou miserável



Depois agarraram uns desempregados

Mas como tenho meu emprego

Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.




O SEPE somos nós! Nossa força, nossa voz!

Assembleia 22/06/2015



segunda-feira, 27 de abril de 2015

'Como Funciona a Sociedade?' - módulo I


Nesse final de semana, o SEPE-Angra dos Reis, promoveu o
 curso de introdução à economia política 'Como Funciona a Sociedade?'. 
O curso é ministrado pelos monitores do 
'Núcleo de Educação Popular 13 de Maio' (NEP 13 de Maio).

Trata-se de um estudo voltado para o entendimento dos fundamentos da sociedade capitalista, bem como para a compreensão dos mecanismos de alienação dos trabalhadores -- visto que, ao mesmo tempo em que são separados dos frutos do seu trabalho, não se reconhecem no que produziram.





"(...)
Mas ele desconhecia
Esse fato extraordinário:
Que o operário faz a coisa
E a coisa faz o operário.
De forma que, certo dia
À mesa, ao cortar o pão
O operário foi tomado
De uma súbita emoção
Ao constatar assombrado
Que tudo naquela mesa
- Garrafa, prato, facão -
Era ele quem os fazia
Ele, um humilde operário,
Um operário em construção.
Olhou em torno: gamela
Banco, enxerga, caldeirão
Vidro, parede, janela
Casa, cidade, nação!
Tudo, tudo o que existia
Era ele quem o fazia
Ele, um humilde operário
Um operário que sabia
Exercer a profissão. 
(...)"

Trecho do poema 'Operário em Construção' de Vinícius de Moraes


Além da participação de professores das redes municipal e estadual, o curso teve a participação de jovens, inclusive estudantes do Normal, que, assim, se iniciam na discussão da realidade política do nosso país.


O curso foi muito dinâmico e agregador durante todas suas atividades, 
inclusive nos intervalos.
O comprometimento de cada um dos participantes foi fundamental
 para o êxito dessa iniciativa.

Já estamos nos organizando para dar continuidade à essa formação, produzindo o módulo I novamente e o módulo II do curso 'Como Funciona a Sociedade?'.